loader
Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Política de privacidade
ACEITAR E FECHAR

Fitopatologia e Biológicos

A Fitopatologia realiza mais de 200 ensaios a campo a cada safra nos CADs da Fundação MT, que contam com diferentes cenários de doenças tanto na soja, quanto no milho e algodão. Os ensaios são realizados a fim de encontrar estratégias de manejo e tecnologias que venham a contribuir com o sistema de produção, refletindo em maior controle de doenças. Para aprimorar ainda mais a nossa interação e a troca de conhecimento, oferecemos rodadas técnicas dentro das nossas estações de pesquisa e até mesmo na sua propriedade, palestras e treinamentos de diferentes temas relacionados à área de doenças de plantas.

O setor de Biológicos tem por objetivo realizar pesquisas agronômicas que envolvam a utilização de produtos biológicos, seja para o controle de pragas, doenças ou nematoides, bem como indutores de resistência e promotores de crescimento de plantas, e suas interações dentro de diferentes sistemas produtivos.

imagem do pesquisador da área

João Paulo Ascari

Pesquisador

Engenheiro Agrônomo (2011-2015) e mestre em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola (2015-2017) pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Doutorado em Fitopatologia (2017-2021) pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Trabalhou com epidemiologia de doenças de plantas e controle químico com fungicidas visando o manejo de doenças do algodão e da soja.

imagem do pesquisador da área

Karla Kudlawiec

Pesquisadora

Engenheira Agrônoma pela Universidade Federal do Paraná – UFPR (2016) com participação no programa de iniciação tecnológica (PIBIT- CNPq) em Fitopatologia (2013-2014). Foi bolsista TT2 FAPESP (2016-2018) no laboratório de insetos vetores de fitopatógenos (ESALQ/USP). Mestre em Ciência - Área de concentração: Entomologia (2021) (ESALQ/USP) com mestrado sanduíche (out/2019 – mar/2020) no Instituto de Ciencias Agrarias ICA-CSIC, Madri- Espanha, Departamento de Proteção Vegetal (Bolsista FAPESP). Tem experiência na área de proteção de plantas e manejo fitossanitário de doenças transmitidas por insetos vetores.

imagem do pesquisador da área

Mônica Müller

Pesquisadora

Engenheira Agrônoma e mestre em Agronomia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, doutora em Proteção de Plantas pela Universidade Federal do Paraná com parte dos seus estudos e experiência profissional na Alemanha pela empresa BASF SE. Dedicou mais de seis anos de atividades voltadas para o controle de doenças da cultura da soja a campo, e estudos laboratoriais com ênfase em resistência de patógenos aos fungicidas.

Contrate com a Fundação MT

Circuito do Conhecimento

image close